quarta-feira, 14 de setembro de 2011

Bem Querer, Querer Bem

 Bom saber que na verdade 
nossa vontade se completa
 é bom querer sorrir
é bem querer fazer feliz!

Não importa se longe ou perto
errado ou certo
é bem querer ser livre
é bom querer ser simples!

Meu bem querer não mede distâncias
não se fere com defeitos
nem somente são desejos meus pra mim

Bem é querer fazer de simples gestos atalhos para o paraíso na vida de quem se quer bem!

  Willian Cristiano

sábado, 10 de setembro de 2011

Felicidade


Felicidade...
   























Disse o mais tolo: "Felicidade não existe."
O intelectual: "Não no sentido lato."
O empresário: "Desde que haja lucro."
O operário: "Sem emprego, nem pensar!"
O cientista: "Ainda será descoberta."
O místico: "Está escrito nas estrelas."
O político: "O Poder"
A igreja: "Sem tristeza?! Impossível.... (Amém)"


O poeta riu de todos e por alguns minutos...Foi feliz! 

Felicidade
Faixa do álbum d'O Teatro Mágico -  ''A Sociedade do Espetáculo''

quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Versos e reversos

  Espera, enquanto meu coração tece a poesia! 
Sem pressa, por vezes ele divaga num compasso diferente do passo que dou nessa minha decisão. 
Disperso, ele pára e logo dispara enquanto me doou

Espera, que a poesia é feita de versos e reversos
 Entrelinhas e imperfeições

As palavras surgem com o sol
dormem com os anjos pela noite 
mas sempre, sempre despertam pela manhã! 

Willian Cristiano

sexta-feira, 19 de agosto de 2011

♫ Eu não sei na verdade quem eu sou


Eu não sei na verdade quem eu sou
já tentei calcular o meu valor
Mas sempre encontro sorriso e o meu paraíso é onde estou
Por que a gente é desse jeito?
criando conceito pra tudo que restou

Meninas são bruxas e fadas
Palhaço é um homem todo pintado de piadas
Céu azul é o telhado do mundo inteiro
Sonho é uma coisa que fica dentro do meu travesseiro

Mas eu não sei na verdade quem eu sou
Já tentei calcular o meu valor
E sempre encontro sorriso
E o meu paraíso é onde estou
Eu não sei... na verdade quem eu sou

Perguntar
Da onde veio a vida
por onde entrei.
Deve haver uma saída
e tudo fica sustentado
Pela fé
Na verdade ninguém
Sabe o que é

Velhinhos são crianças nascidas faz tempo
com água e farinha colo figurinha e foto em documento
Escola! É onde a gente aprende palavrão...
Tambor no meu peito faz o batuque do meu coração

Mas eu não sei na verdade quem eu sou
Já tentei calcular o meu valor
E sempre encontro sorriso... e o meu paraíso é onde estou
Eu não sei na verdade quem eu sou

Perceber que a cada minuto
tem um olho chorando de alegria e outro chorando de luto
tem louco pulando o muro, tem corpo pegando doença
tem gente rezando no escuro, tem gente sentindo ausência

Meninas são bruxas e fadas
Palhaço é um homem todo pintado de piadas
Céu azul é o telhado do mundo inteiro
Sonho é uma coisa que fica dentro do meu travesseiro

Mas eu não sei na verdade quem eu sou
Já tentei calcular o meu valor
Mas sempre encontro sorriso e o meu paraíso é onde estou

Mas eu não sei na verdade quem eu sou...

quarta-feira, 17 de agosto de 2011

Seu Brilho

Solitária estrela brilhou num céu nublado
procurei pela lua mas não a encontrei

Fechei meus olhos para poder ver melhor então
sei que estás aí escondida nesta noite sombria 
sei que estás comigo mesmo assim
seu brilho é maior
posso te sentir!

Willian Cristiano

segunda-feira, 25 de julho de 2011

Alegria de verdade

Quero mais destes momentos de paz!

Não, não quero mais que isto.  É pouco que preciso!

Hoje minha alma encontrou seu lugar
Por alguns minutos meus olhos vislumbraram seu olhar
O pôr-do-sol se fez presente a me curar!

Como é bom amigos, ter vocês aqui comigo cantando a liberdade com essa canção que fala de paz
com essa melodia que traz alegria de VERDADE!

Não apenas mais um dia de euforia. Não apenas um prazer passageiro ou alguns minutos de folia... 

Mas a felicidade que vem de dentro pra fora!
Sorrisos que brilham com ar de ETERNIDADE!

Willian Cristiano

quinta-feira, 21 de julho de 2011

Amor incondicional

Numa oração, acompanhada de muita culpa, perguntei a Deus:
Afinal Senhor até onde vai Seu amor?

Sem exitar Ele respondeu ao meu coração:

''Filho, imagine a melhor pessoa que você já conheceu.
Isso, agora pense num ser humano que foi exemplo pra toda humanidade de algum modo.
Pode ser um santo, um religioso, um revolucionário, um cientista ou até mesmo uma pessoa muito humilde que você admira.

Agora se recorde de um gesto de carinho que alguém fez por você. Aquele abraço amigo naqueles dias sombrios da sua vida, a tamanha compaixão que essa pessoa teve contigo no momento de muita dor, secando todas as suas lágrimas e tendo toda a paciência do mundo te ouvindo e te fazendo companhia o tempo que fosse preciso pra você ficar bem.

E a sua mãe?! Se lembra de quantas vezes você a ofendeu numa discussão? Quantas vezes você fez tudo errado, tudo aquilo que não era a vontade dela pra você?!
Pois é, na maioria dessas situações você nem foi se desculpar com ela, mas ela sempre te recebeu com um longo abraço pela manhã no dia seguinte! Parecia nem se lembrar da briga...

E seu pai então, sempre te deu a benção quando você o pediu, mesmo quando você não mereceu! Veja como seus pais te amam incondicionalmente!

Pois este é o tamanho do Meu amor! Meu amor é revolucionário, simples e perfeito! Muito maior do que essas pessoas que você pensou!
Sempre te abençoo em todas as manhãs da sua vida, mesmo quando não se lembra de mim! Igualzinho ao seu pai!
Também te perdoo e me esqueço logo as coisas ruins que você fez contra alguém ou pra você mesmo, enfim de coisas que não eram da minha vontade! Assim como uma mãe!

Todas essas pessoas que te ofereceram esses gestos lindos fui eu quem as mandei.
Era eu mesmo manifestado nelas te dando todo alento e todo cuidado que precisasse até secar todas suas lágrimas!''

Willian Cristiano

sexta-feira, 15 de julho de 2011

Que prece é essa?

 Que pressa é essa Meu Deus, qual é a próxima estação?
Que pressa é essa Jesus, estou na contramão!
pra quê toda essa correria? 
corre corre no meu dia

Te abraço e você fica com meu braço e eu já estou longe
Perdi a cabeça, esqueci o chá, de apagar as luzes da casa
a geladeira aberta

Que pressa é essa?  Pra quê essa pressa?!
Que prece é essa que tem que ser pra agora 
em cima da hora
Espera, deixa eu respirar!

Willian Cristiano

quinta-feira, 14 de julho de 2011

Livre sim!


Como é bom conversar contigo e ver o quanto mudei depois que te conheci!
A vida foi desenrolando tal como um novelo de lã em minhas mãos calmamente ao meu tempo, ao meu entender e ao meu pulsar!

Lembro-me daquela manhã em que os meus olhos se voltaram para um novo horizonte. Nesse mesmo dia plantei uma pequena semente num solo de muita esperança em dias melhores!

Insisti e persisti... Cai e levantei... Errei e aprendi... 
Chorei e reguei... o meu coração com essas mesmas lágrimas!

''Um novo dia já nasceu, é bom sentir os pés no chão e saber que ainda estás aqui! Com minhas mãos eu toco o céu, enquanto elevo o coração e posso dizer sou LIVRE sim!''

sexta-feira, 8 de julho de 2011

Na luta

       ''Cada um paga o preço de ser quem é. Mas não se preocupe é só fazer o parcelamento em inúmeras vezes! 

As escolhas que fazemos são determinantes na feitura do que somos. A cada dia precisamos assumir o preço do que escolhemos ser. 

É por isso que o seguimento de Jesus requer luta diária!''

Pe. Fábio de Melo

quinta-feira, 7 de julho de 2011

Dual

Vez em quando não
quando em quando sim
vivo assim nessa dualidade
como dura esse duelo dentro de mim!


Meu coração está numa batalha com a razão
que razão, que pressa é essa?!?
Alô, quem fala agora é minha emoção
ou o desespero nessa minha indecisão???

Hoje Deus me deu o aval,  me deu a liberdade
me disse que na verdade o meu inimigo não é ninguém senão eu mesmo!

terça-feira, 5 de julho de 2011

Meu posto

 Olho pela janela
na rua ninguém faz praça
nada tem graça
nem luz ,nem brilho nessa noite há 
ou será que tudo foge ao meu olhar?

Vento frio gela o rosto
eu que não saio do meu posto
nesse cobertor
pr´essa falta de sabor
p´ressa falta de amor
pressa mundo afora

Chocolate quente, chá
meia, blusa , luva de lã
um bom filme pra esquentar
para me ocupar
parar de preocupar!

O dia de ontem jamais voltará
as folhas secas passaram com o outono
o vento já levou todo calor
toda mágoa foi-se embora.

Sim, o inverno chegou
acabou com a pressa de outrora
inspirou sincera oração
soprou versos que esquentam
me aquecem com uma suave canção

A folia perdeu seu lugar
a bagunça se calou
a euforia já acabou
a banda já passou
 restou somente eu e meu amor

Admito, por vezes disfarço
pinto a dor de forma a ficar mais bonito
a vida eu refaço com meu lápis de cor
deixo meu mundo mais colorido!

No meu quarto faço arte
picho, faço um recorte
tecido em poesia
acido a prosa
 transformo em alegria!

Enquanto espero a primavera chegar
 pranto em dores
planto as flores
desde já sinto seu cheiro
sua beleza a me encantar!

Willian Cristiano

quarta-feira, 22 de junho de 2011

O voo

''Goza a euforia do voo do anjo perdido em ti. Não indagues se nessas estradas tempo e vento desabam no abismo. Que sabes tu do fim?

Se temes que teu mistério seja uma noite, enche-o de estrelas.

Conserva a ilusão de que teu voo te leva sempre para o mais alto.

No deslumbramento da ascensão, se pressentires que amanhã estarás mudo, esgota, como um pássaro, as canções que tens na garganta.

Canta. Canta para conservar uma ilusão de festa e de vitória;

Talvez as canções adormeçam as feras que esperam devorar o pássaro.

Desde que nasceste não és mais que um voo no tempo.
Rumo ao céu?
Que importa a rota?

Voa e canta enquanto lhe resistirem as asas.''

Menotti Del Picchia

terça-feira, 14 de junho de 2011

♫ A canção pra não voltar

Não volte pra casa meu amor que aqui é triste
Não volte pro mundo onde você não existe
Não volte mais
Não olhe pra trás
Mas não se esqueça de mim não
 
Não me lembre que o sol nasce no leste e no oeste morre depois
O que acontece é triste demais
Pra quem não sabe viver pra quem não sabe amar

Não volte pra casa meu amor que a casa é triste
Desde que você partiu aqui nada existe
Então não adianta voltar
Acabou o seu tempo acabou o seu mar acabou seu dia
Acabou, acabou...

Não volte pra casa meu amor que aqui é triste
Vá voar com o vento que só lá você existe
Não esqueça que não sei mais nada
Nada de você
Não me espere porque eu não volto logo
Não nade porque eu me afogo
Não voe porque eu caio do ar
Não sei flutuar nas nuvens como você
Você não vai entender
Que eu não sei voar
Eu não sei mais nada!

Dó com baixo em dó
Sol com baixo em si
lá com baixo em lá
lá com baixo em sol
fá com baixo em fá
fá com baixo em fá sustenido
sol com baixo em sol
sol com lá bemol

Dó maior com dó
Sol maior com si
lá menor com lá
lá menor com sol
fá com baixo fá
fá com baixo em fá sustenido
sol com baixo em sol
sol com lá bemol


quinta-feira, 9 de junho de 2011

À la vida

Quem sou eu?!?! Quem sou eu?!?!

Alguém que não toma pra si a moda
Não vive pela moeda
Luta pela vida e a é favor dela!
 
Construção!
Mesmo na escuridão vê claridade
A sua idade não quer dizer muita coisa não!

Vive num filme de ação
numa montanha russa 
Beeem Sussa!

A realidade por vezes assusta e foge, foge... 
corre prum mundo de fantasia, celeiro da poesia
onde todo sorriso dura e a alegria é sempre pura! 

Quando folia é de coração 
como um time campeão vive a comemorar cada conquista!

Sua pista é o palco da vida
donde baila com a música que faz melhor ao peito
ao seu jeito, mesmo imperfeito sabe o valor que tem!

Não pega qualquer onda não! 
Meu irmão, não aceita o que vê na televisão! 

A vida é muito mais que aparência
se encontra na essência de uma simples canção! oO

Willian Cristiano

terça-feira, 7 de junho de 2011

Oração

Oração
A Banda Mais bonita da Cidade

(Clique no vídeo para ver ampliado no Youtube)

Hipnotizante!! ;]

quarta-feira, 18 de maio de 2011

Metade

Mais um dia passo
sem o compasso certo do meu coração
ação é lembrar do leite derramado
que desastrado um dia chorei

Um bom dia mal dado
um café requentado 
já acaba a alegria
cadê o sorriso
o paraíso que sempre sonhei?!

Agora passo mais tempo
pensando em meu bem
não quero ser mais refém
do que faz mal
do que me retêm!

Comigo já levo essa verdade
 quero minha metade inteira pra mim
sem 'Se' sem 'Será'
Pera lá!

Se entrar na minha vida é pra valer
pode saber
 que é pra acrescentar
partilhar das dores
colher as flores!

Inaugurar as manhãs
abençoando o sol e o mar
sincero sorriso
gesto singelo
não, não peço muito
é pouco o que eu preciso!

Extrair todo o amor
polpa da dor
que há por trás
 das nuvens negras
lágrima divina do céu
abençoa-me
cura com seu mel!

Encontrar só num olhar
aconchego e verdade
num abraço amigo
o abrigo que acalma e adormece
desperta e aquece!

Meu sonho é sonhar o sonho maior
Meu plano é plainar no melhor ar
me deixe sonhar
me deixe voando
dê vida aos meus sonhos
vamos juntos voar!?

Na solidão, na calada da noite eu peço
no silêncio de uma oração eu sinto
o coração num compasso certo
já bem perto
pronto pra se entregar
oh, verdadeiro amor
 hei de te encontrar!

Willian Cristiano

terça-feira, 17 de maio de 2011

Perto de você

Quando começar o frio dentro de nós
tudo em volta parece tão quieto
tudo em volta não parece perto
 Toda volta parece o mais certo.
Certo é estar perto sem estar...




















Perto de Você!

segunda-feira, 16 de maio de 2011

Para raros


 Não quero viver pela metade
de ontem em diante
quero sorrir
chorar
sentir saudade!

Esquecer de levantar
acordar bem tarde
com aquela sensação
o sonho era verdade!?

Ver tudo do meu jeito
sonhos mais que perfeitos
viagens à lua
cabelos ao vento
corridas na chuva
saborear cada momento!

Jamais me acorde
com a sua razão
Ah, não!
siga seu coração
sinta a alegria
vista sua fantasia
se entregue à poesia!

Olha só o palhaço
pinta seu tombo
com jatos de sorrisos
faz arte em cada passo
camarada d'água deixa disso
me dá logo um abraço!

Mesmo com sua pressa
sua prece seja com amor
traga toda tua lenda
traga tudo que for
você verá que no seu canto 
a poesia trará mais sabor!

E na pedra mais alta
abraçando a dor
nossa sina terá sentido
com doses
e overdoses de amor!

Willian Cristiano

Pequena, porém sincera homenagem à Trupe ''O Teatro Mágico'' !

quarta-feira, 11 de maio de 2011

♫ Além do meu jardim

''Alguma coisa me aconteceu
e tudo parece fugir para outro lugar
Estrelas tristes tentam me explicar
e nada acontece se dissipam todas pelo ar...
 
Há medo em meu jardim é
Pois uma rosa disse adeus pra mim
Mas tudo tem um fim eu sei
Só não sonhava que seria assim.

Aonde quer que você vá
Eu quero te encontrar
Por onde você for...

Eu preciso de mais...
Eu preciso mais
Preciso de você aqui!''

terça-feira, 3 de maio de 2011

Nossas lutas internas

Padre Fábio de Melo
Programa Direção Espiritual


Palavras de sabedoria do nosso sempre conselheiro Padre Fábio de Melo.
Pra quem não vê recomendo muito que comece a acompanhar amanhã mesmo!!

Passa às quartas-feiras 22 horas e
tem reprises aos sábados às 20 horas na TV Canção Nova!

Ah, outra coisa... Já ia me esquecendo. Eu havia dito no Twitter que iria publicar a última pregação dele aqui no blog, mas vi que a Canção Nova já o fez antes de mim em seu site!  rs

Então, aqui está o link do site da Canção Nova com a pregação ''Ser filho da misericórdia de Deus'' que nosso Padre fez no último fim de semana lá mesmo em Cachoeira Paulista.

Foi muito tocante, me emocionei muito por isso quero compartilhar com vocês!
Se tiverem oportunidade procurem por essa palestra no Youtube, não deve demorar alguém publicar!  Vale a pena!

Recomendo também o blog 'Direção Espiritual' que tem todos os programas separados por temas!

Obrigado a todos que sempre acompanham meus posts e  também pelo carinho nos inúmeros comentários! 
Conto com vocês hein! Tamo Junto!


Willian Cristiano

domingo, 1 de maio de 2011

Cria minha

Anseio faz meu peito apertar
medo aperta peito meu
faz acelerar
desacalma a alma
me engana
me diz ser tempo certo
no momento errado

O medo mostra o que preciso mudar
onde não devo andar
os vales onde tenho que me afastar
ou não?!
sei que sempre vem
acompanhado de solidão

O anseio coloca meu coração 
num horizonte que inda não pode alcançar
lugares onde  me perco
 ainda não vou me encontrar

 O medo é cruel
revive no agora
o que passei outrora
os buracos em que caí
os abismos em que me enterrei
 por muito tempo fiquei

Sem avisar o anseio chega
penso estar tudo bem
o medo me pega
ele vem...
vem com o nome de saudade
vem me dizendo verdades
que não preciso saber

Medo chega parecer natural
até normal
me antecipa um mal
que talvez nem exista
nem nunca venha a existir

O medo é meu, é cria minha
sim sou eu
aumento as dores
invento amores
para dar algum sentido
para ter algum abrigo!

Agora, quem inventou o medo
me explica por favor
onde é o seu lugar?
Deve se ocupar de mim
assim?

Sofro no meu canto
canto um sofrer em pranto
mascaro o que sinto
eu minto
   pior quando é pra mim mesmo...

Willian Cristiano

terça-feira, 19 de abril de 2011

♫ Meu amor é teu

  ''Meu amor é teu, mas dou-te mais uma vez
Meu bem, saudade é pra quem tem
Meu amor é teu, mas dou-te mais uma vez
Meu bem, saudade é pra quem tem.

Todo teu amor eu vi de longe, de longe, de longe...
Dava pra sentir o teu perfume, eu juro, eu juro...
Meu amor é teu, mas dou-te mais uma vez
Meu bem, saudade é pra quem tem.

Todo teu amor eu vi de longe, de longe, de longe...
Dava pra sentir o teu encanto, eu juro, eu juro...

Meu amor é teu, mas dou-te mais uma vez
Meu bem, saudade é pra quem tem
Meu amor é teu, mas dou-te mais uma vez
Meu bem, saudade é pra quem tem!''

Marcelo Camelo

sábado, 16 de abril de 2011

Preparo e persistência

Antes de falar, ouça 
Antes de escrever, pense
Antes de investir, investigue
Antes de gastar, ganhe
Antes de criticar, espere
Antes de desistir, tente novamente
Antes de se aposentar, economize
Antes de morrer, doe
Antes de planejar, ore

Planeje com coração
Prepare com propósito
Prossiga com alegria
Busque com persistência!

(Autor Desconhecido)

quinta-feira, 31 de março de 2011

Quaresmeiro

Começa o Outono
também em meu coração
é tempo de podar
de adentrar bem profundo
em mim retirar os restos
todo lixo da alma
reciclar e tornar fecundo

Entregar tudo que for
seja dor, mágoa
ou rancor
em Seu amoroso coração
quero sentir em todo meu ser
as dimensões do Seu amor

Confesso que sou fraco
me atrapalho
espeto nos espinhos
quando me atalho
não me acho
me perco pelo caminho

Tal como aquela flor
que em quarenta dias
contemplando o céu
muda de tom
troca de cor
assim seja comigo!

Quarenta dias de silêncio
quarenta noites de oração
O amanhecer de um novo ser
um ser somente em Ti
quando primavera vir florescer
me verá renascer!

Hora de perdoar
Tempo de acertar
me aceitar
repensar meus passos
voltar a trilhar Contigo
e meus compassos
hão de Contigo pulsar
 
O silêncio é para ouvir
os gritos de desespero
tocar nos medos e anseios
para redescobrir meus segredos

A oração é para Te contar
o meu anseio dessa manhã
cantar o último suspiro
tudo que inspiro
tudo aquilo que aspiro

Te ouço
Te peço
Oh Deus me ensine
apenas com a Tua graça contar
funciona assim
 meus sonhos, Seu sonhar
Seu caminho, meu caminhar!

A pureza da Sua presença me encanta
tamanha compaixão na sua palavra chega
a mim até espanta
faz renascer a criança
o mais belo na minha alma
finalmente desencanta!

Me batiza novamente
quando a paz 
quando a alegria
dentro de mim eu sinto
marcas eternas da Sua presença!

Como a vida é breve
Sim a vida é...
mais bela impossível
entretanto sempre é tempo
de um recomeço na vida
ano que vem o outono retorna
mas a primavera sempre volta
ainda mais florida!

Willian Cristiano

quarta-feira, 30 de março de 2011

♫ Seio de Minas


 ''Eu nasci no celeiro da arte
no berço mineiro
Sou do campo, da serra
onde impera o minério de ferro
Eu carrego comigo no sangue um dom verdadeiro
de cantar melodias de Minas
no Brasil inteiro

Sou das Minas de ouro
das montanhas Gerais
eu sou filha dos montes
  e das estradas reais
meu caminho primeiro
vem brotar dessa fonte
sou do seio de Minas
desse estado um diamante!''

Paula Fernandes

segunda-feira, 21 de março de 2011

Muito Romântico

  ''Não tenho nada com isso nem vem falar
Eu não consigo entender sua lógica
Minha palavra cantada pode espantar
E aos seus ouvidos parecer exótica
Mas acontece que eu não posso me deixar
Levar por um papo que já não deu, já não deu
Acho que nada restou pra guardar ou lembrar
Do muito ou pouco que houve entre você e eu

Nenhuma coisa virá me fazer calar
Faço no tempo soar minha sílaba
Canto somente o que pede pra se cantar
Sou o que soa, eu não douro pílula
Tudo que eu quero é um acorde perfeito maior
Com todo mundo podendo brilhar num cântico

Canto somente o que não pode mais se calar
Noutras palavras sou muito romântico!''

O Círculo - Muito Romântico 

Vale a pena! Recomendo! ;]

sexta-feira, 18 de março de 2011

Frágil morada

 Hoje eu descobri
 que amar não é verbo
não está nas palavras
tampouco nos versos.

Mãos suadas
batidas aceleradas
risos sem graça
olhares profundos
poesias declaradas
Será amor?

Dúvidas em certezas
 num instante tudo se transforma
olhares se desviam
vislumbram o nada
o que fazer?
o que falar?

 Venço a cada verso
não dizes nada
mas vejo pelos olhos
me amas
te sinto bem perto.

 Pelo olhar nos entendemos
mesmo assim tão próximos
quanta distância há
agora será que me odeias?
não sei ao certo.

Será o amor tão frágil
vive sempre por um triz
uma palavra bendita
uma palavra não dita
faz tudo se transformar?

Ouvi ao longe que amar é decisão
e você decidiu por mim
Ouvi de alguém que amar é renúncia
e você renunciou... a mim?!

Morada da felicidade
morada da fragilidade
é feito de gestos, carinhos
ou sentimentos concretos?
Pra falar a verdade
nada sei do amor
do amor nada sei.

Willian Cristiano

quinta-feira, 17 de março de 2011

♫ Seu

''Queria lhe dizer que estou tão longe
Da perfeição ou algo assim, mal comecei e já me perdi
Pois nessas horas as palavras fogem

Só queria lhe pedir um pouco mais de paciência entenda
Se puder me aceite assim,e não espere mais de mim
O que me move é o prazer
De ter a voz pra lhe falar
Que o tempo é tudo e vai
Aos poucos te mostrar
Que eu sou seu

Minha dor é pensar que talvez você nunca vai saber o quanto eu sou seu
Não mudei tenho meus defeitos, artifícios, mas serei sempre seu
Horas fazem dias que fizeram valer todos esses anos
Desde sempre já sabia, nada iria atrapalhar meus planos
Sei que as vezes lhe pareço estranho
Mas cheguei até aqui só pra me guardar em ti, não me negue o prazer

De ter a voz pra lhe falar
Que o tempo é tudo e vai
Aos poucos te mostrar
Que eu sou seu
Minha dor é pensar que talvez você nunca vai saber o quanto eu sou seu
Não mudei tenho meus defeitos, artifícios, mas serei sempre seu!''


Esse é o mais novo clipe da banda Scarcéus, que gravou com atores da novela global 'Araguaia'!

Conheça o Scarcéus, a mais nova revelação do Pop Rock brasileiro!!!
Ouça todas as músicas no site oficial!

terça-feira, 1 de março de 2011

Sons do coração

 Hoje quero paz
Hoje quero amor
música para alma é companhia
pros compassos tranquilos
que faz nascer a poesia 
sem pressa para terminar.

 Amanhã o coração rocha
grito o desabafo entalado na garganta
Num canto alto afasto a dor que assola 
e pra longe a raiva espanto.

Outrora rego o coração com melodias 
que cantam esperança ao longe
Chama de volta meu eu
Me clama
com belos versos
reacende a minha chama.

Quando a ilusão cega
e a desilusão chega ao coração
inquieta a alma
bagunça e histeria
a música agora é fuga
é a anestesia para a ferida
que volta a sangrar no fim do dia.

Embalado pela música feita com o coração 
de alguém que nem sei quem
uma trilha qualquer de uma paixão 
me esbarra sem explicação
expõe minha emoção
faz cair a lágrima covarde e nostalgica.

Cada dia trilho uma melodia
será luta, será glória
ou agonia?
É incerto
vez em quando componho meus passos
  vez ou outra apenas danço.

Willian Cristiano
 

domingo, 27 de fevereiro de 2011

♫ Nada lhe é proibido


''Pra ser feliz
Nada lhe é proibido
Sorrisos são beijos de coração
Os olhos têm sempre que dizer verdades
E o pensamento voar nas manhãs
E ser tudo eternamente

Pra ser real
Olhos de sinceridade
Verdades são luzes no coração
Saudade vem acalenta o teu silêncio
Felicidade nasceu
E o amanhã virá em um sol maior!  ''

Banda Eva

quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

♫ Doce solidão

''Posso estar só
Mas sou de todo mundo
Por eu ser só um
Ah nem, ah não, ah nem dá!!
 
Solidão, foge que eu te encontro
Que eu já tenho asas...
Isso lá é bom?!
Doce solidão...''

segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Fruto da poesia

.•°  Nesse mundo de fantasia eu viajo sem volta
  o sonho que é cria do coração
vira canção, vira aquarela
Na madrugada da janela vejo a moça mais bela
é a flor sem espinho
luz pro meu dia
perfeita para a magia
fruto da poesia!

Saudade agora é matéria-prima
Lembrança daquela menina
que inspirou uma rima
virou estrela do meu mar
luz pro meu céu
agora em simples versos no papel!

Música que um dia trouxe alegria
faz nascer nostalgia, leva o meu eu
para onde quero estar
e de novo me apaixonar!

Bem-te-vi na beira da praia
comigo entoando a melodia
do nascer de um novo dia
no meu coração
   fruto da poesia!  °•.

Willian Cristiano

domingo, 13 de fevereiro de 2011

♫ Menina


 ''A gente é tão pequeno, gigante no coração 
quando a noite traz sereno a gente dorme num só colchão... 
Ô menina vou te sonhar comigo!''

sábado, 12 de fevereiro de 2011

Prece


 




 Ontem sonhei contigo sem meu abrigo e minha primeira intenção.  
Bem, te vi perdida desiludida em prantos escondida.


Num canto triste estava, em suas quatro paredes,  estas que se tivessem o dom de falar, teriam muitas histórias pra contar.

Ainda se encontrava na aventura, como se nada tivesse mais jeito, esqueceu do sonho perfeito que em muitas noites sonhou!?

Muito amou com intensidade, repleto de pureza e verdade. 
Hoje sem coragem, te vi presa das feridas de um coração amortecido e desiludido!
Sem luz no seu caminho...
Nessa aventura quanta loucura há! Desse jeito não dá!

Tentei te mostrar que a liberdade é diferente, mora dentro do coração da gente!
Mora na paz e ciência de que um dia você irá brilhar!
Mora na certeza de seu valor e na inocência de saber amar!

Confesso que acordei meio perdido, nada fazia sentido
Só pude recorrer à minha prece, meu Deus...
algo ou alguma palavra que a desperte e mostre a verdade,
alguém que a aponte o caminho para a felicidade!

Willian Cristiano

quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

Dois corações

Trago comigo dois corações.
O primeiro não quer saber de amar
vive machucado e apertado
quer a todo instante me enganar.
 Inúmeras são as feridas
mil motivos ele tem para odiar.

O outro, alegre a pulsar
deixa facilmente se levar por simples gestos
um abraço, um sorriso, um olhar...
logo já o faz acelerar!

Aquele resguardado e acomodado  
por vezes nem quer ser amado.
Nem se incomoda!
Não quer bem-dizer a vida
não quer se abrir
nem ao menos sorrir.

Trago comigo um coração puro da poesia
tecido de sonhos e lembranças
lá onde outrora morava a dor
agora é só alegria!

Trago comigo um coração duro da melancolia
que acomodado com a dor
 tem dias que se vê quase parado.

Carrego em mim dois corações
hora pulsa um no compasso divino do amor
hora pulsa outro num compasso desacreditado.

As vezes me perco
e me pergunto
o que vou fazer?
como vou ficar? 
Disso ainda não sei,
 Apenas persisto sempre sonhando, cantando
 e buscando a todo instante motivos para amar!

Willian Cristiano

quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

♫ Quanto tempo


Música saindo do forno! 

Para quem não conhece, essa é a Banda mineira de reggae Manitu, que já conta com 5 álbuns em sua discografia e muitos anos de estrada!
A banda realiza vários shows e luaus principalmente em Belo Horizonte e região.

É sempre muito bom o show dessa moçada, eu já perdi até a conta de quantos eu já presenciei!
Tudo indica que eles estão preparando um novo álbum, já que estão disponibilizando novas músicas na internet, como essa ''Quanto tempo'' . Vale a pena conhecer!

Baixe grátis aqui a discografia música por música do Manitu!

segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

♫ Se bastasse uma canção

 
 ''Se bastasse cantar com ternura
Pra acalmar esses dias
Em que os homens perderam a doçura
De cantar morreria
Mas quem sou eu?
Mas quem sou eu?
Simples cigarra em que a voz é escrava da melodia

Se bastasse a canção da esperança
Pra inundar de alegria
A tristeza de nossas crianças
De cantar morreria
Mas quem sou eu?
Mas quem sou eu?
Um peregrino na estrada divina da poesia

Se bastasse cantar compassivo
Pra aplacar a agonia
Nessas terras de gente cativa
De cantar morreria
Mas quem sou eu?
Mas quem sou eu?
Simples agente da estrela regente das sinfonias

É preciso muito, muito mais
Gente cantando
É preciso muito, muito mais
É quase um esforço sobre-humano
Pra conseguir mudar os planos

É preciso muito, muito mais
Gente cantando
É preciso muito, muito mais
Cantar a paz no mundo inteiro é quase um esforço derradeiro

Se bastasse cantar com brandura
Pra estancar a sangria
Pro universo viver com candura
De cantar morreria
Mas quem sou eu?
Mas quem sou eu?
Simples cantante das noites orantes das liturgias

É preciso muito, muito mais
Gente cantando
É preciso muito, muito mais
Cantar, cantar que ainda é tempo
Uma canção sem sofrimento
É preciso muito, muito mais
Gente cantando
É preciso muito, muito mais
Cantar com o céu com os movimentos
Cantar com a luz com os elementos

E enquanto espero, sigo cantando e cantando e cantando eu vou vivendo

É preciso muito, muito mais
Gente cantando
É preciso muito, muito mais
Cantar, cantar que ainda é tempo
Uma canção sem sofrimento
É preciso muito, muito mais.''

Padre Fábio de Melo (part. Amanda Neves)